Ir para o conteúdo
Logo NIC.br Logo CGI.br
Logo - EGI

10 a 16 de julho de 2022

CURSO INTENSIVO

50h com certificação

Confira os selecionados!

O curso

O Curso Intensivo da Escola de Governança da Internet no Brasil tem como principal objetivo capacitar atores envolvidos com o funcionamento e a governança da Internet, como empresários, comunidade técnica, ativistas, pesquisadores, gestores públicos e empreendedores, para que possam aprofundar o conhecimento acerca dos temas e desafios relacionados à Governança da Internet no Brasil e no mundo.

Para isso, o curso aprofunda conceitos, explicita os contextos, temas, desafios e foros de debate sobre a governança e desenvolvimento técnico da Internet. O Curso Intensivo é gratuito, presencial em um modelo de imersão, com duração de 50 horas.

Local

Hotel Terras Altas - Itapecerica da Serra

Objetivos

Capacitar os participantes sobre temas relacionados aos princípios para a governança e uso da Internet e sobre outros temas específicos relacionados com a Internet, prioritariamente em relação ao Brasil, mas também tratando de temas globais;

Capacitar e aprofundar os debates em torno dos modelos de governança multissetorial, multilateral e pluri participativo da Internet; e

Mobilizar e interagir com as redes de pesquisa (não apenas acadêmicas) e de atuação prioritariamente no Brasil, mas também na América Latina, Caribe e em demais países, para fomentar a interlocução em projetos e atividades comuns relacionados aos temas da Escola.

Logo - EGI

A Escola de Governança da Internet no Brasil - EGI é uma iniciativa do CGI.br. O pleno do CGI.br vem debatendo sobre a necessidade de criação de cursos para fomentar e incentivar a capacitação, pesquisa e estudos sobre a Governança da Internet no Brasil.

O Curso Intensivo da Escola de Governança da Internet teve início em 2014, com apoio do CGI.br, a partir das iniciativas de sucesso já executadas pelas equipes do NIC.br e seguindo os moldes da experiência da EuroSSIG, escola de verão europeia com mais de 10 anos de existência.

Mais detalhes sobre a aprovação da Escola de Governança da Internet no Brasil no pleno do CGI.br podem ser encontrados na Resolução CGI.br/RES/2013/042.

Datas
importantes

18 ABR/ 2022 Abertura das inscrições

13 MAI/ 2022 Encerramento das inscrições: (sexta-feira, até meia noite);

06 a 10 JUN/ 2022 Confirmação das candidaturas e seleção da lista de espera

10 a 15 JUN/ 2022 Divulgação das inscrições

2022

Programa

Icone - Começo das Atividades

Segunda-feira - 11 JUL 2022

08:30 - 10:00 Perspectivas sobre o desenvolvimento da Internet

Icone - Café
10:30 - 12:00 Fundamentos Técnicos da Internet
Icone - Almoço
12:00 - 13:30 Almoço
Icone - Café
13:30 - 15:00 Camada lógica e DNS
Icone - Café
15:30 - 18:30 Ecossistema da Governança da Internet & Governança Global da Internet
Icone - Almoço
18:30 - 20:00 Jantar
Icone - Café
20:00 - 21:30 Governança da Internet no Brasil: passado, presente e futuro, uma homenagem a Tadao Takahashi

Sujeito a alterações.

Icone - Veja mais
Icone - Começo das Atividades

Terça-feira - 12 JUL 2022

08:30 - 10:00 Web: funcionamento e fundamentos básicos

Icone - Café
10:30 - 12:00 Web e ideal de democratização da informação
Icone - Almoço
12:00 - 13:30 Almoço
Icone - Café
13:30 - 15:00 Economia Política da Internet
Icone - Café
15:30 - 18:30 O modelo de Governança da Internet no Brasil & Oficina
Icone - Almoço
18:30 - 20:00 Jantar
Icone - Café
20:00 - 21:30 Eleições, desinformação e democracia
Icone - Começo das Atividades

Quarta-feira - 13 JUL 2022

08:30 - 10:00 Governança da Internet e Direitos Humanos

Icone - Café
10:30 - 12:00 Privacidade e proteção de dados
Icone - Almoço
12:00 - 13:30 Almoço
Icone - Café
13:30 - 15:00 Liberdade de expressão online
Icone - Café
15:30 - 17:00 Desigualdades digitais: debate sobre inclusão e políticas públicas
Icone - Café
17:15 - 18:30 Educação Digital: direitos, plataformas e politicas publicas
Icone - Almoço
18:30 - 20:00 Jantar
Icone - Café
20:00 - 21:30 O capitalismo de plataforma e a Governança da Internet
Icone - Começo das Atividades

Quinta-feira - 14 JUL 2022

08:30 - 12:00 Governança, regulação e Inteligência Artificial: fundamentos, princípios e discriminação

Icone - Almoço
12:00 - 13:30 Almoço
Icone - Café
13:30 - 15:00 Desafios jurisdicionais: agendas nacionais e regulação
Icone - Café
15:30 - 18:30 Cibersegurança e Governança da Internet: defesa, convergência de agendas e cooperação
Icone - Almoço
18:30 - 22:30 Jantar e Confraternização
Icone - Começo das Atividades

Sexta-feira - 15 JUL 2022

10:30 - 12:00 Atividade dos(as) alunos(as)

Icone - Almoço
12:00 - 13:30 Almoço
Icone - Café
13:30 - 17:00 Atividade dos(as) alunos(as)
Icone - Café
17:00 - 18:00 Encerramento

Sujeito a alterações.

Seleção

VII turma do Curso Intensivo da Escola de Governança da Internet no Brasil (EGI) PROCESSO DE SELEÇÃO – 2022

1) A VII turma da EGI Intensiva será realizada entre os dias 10 de julho e 16 de julho de 2022, em formato de imersão em Itapecerica da Serra, São Paulo, no Hotel Terras Altas. Serão oferecidas 35 vagas.

2) Público: para participar da EGI as pessoas que se candidatarem devem ser maiores de 18 anos, necessariamente falar português fluentemente e ter disponibilidade de ficar no local do curso durante todo o período de realização, com dedicação integral. Ex-alunos podem se inscrever, desde que não tenham participado da última turma do curso.

3) Fases do processo de admissão:

3.1) Inscrição: o período de inscrição está detalhado no tópico 13;

3.2) Avaliação e seleção: a avaliação dos candidatos será realizada pela Comissão de Avaliação (CA), a qual analisará três aspectos principais de cada candidatura: (i) análise curricular, (ii) conhecimento específico e (iii) diversidade. A seleção final será realizada pela equipe do NIC.br responsável pela coordenação do curso. Os critérios de avaliação e seleção encontram-se especificados no tópico 8;

3.3) Confirmação das candidaturas: a divulgação dos candidatos selecionados se dará após o processo de confirmação das candidaturas, conforme descrição disponível no tópico 09.

Icone - Veja mais

4. Inscrição

4) Inscrição: as inscrições serão feitas através de formulário eletrônico na página web da EGI, disponível em: https://egi.nic.br/, que solicitará as seguintes informações:

4.1) Currículo: máximo três páginas;

4.2) Texto sobre relação da atividade profissional do(a) candidato(a) com o conteúdo programático da EGI: máximo 800 caracteres;

4.3) Texto sobre potencial de multiplicar o conhecimento adquirido: mínimo 300 e máximo 800 caracteres;

4.4) Texto analítico: O texto deve ser elaborado pelo(a) próprio(a) candidato(a), necessariamente em português, versando sobre o tema de Governança da Internet. O candidato deve discorrer sobre o tema, demonstrando seu conhecimento específico: mínimo 2.500 e máximo 3.500 caracteres.

5) Candidaturas inconsistentes: entende-se por candidatura inconsistente aquela que não oferece subsídios mínimos para a avaliação porque não completa corretamente os campos necessários, ou não cumpre as exigências formais mínimas do processo seletivo. Candidaturas consideradas inconsistentes não serão avaliadas.

6) Comissão de Avaliação (CA): formada anualmente por um grupo de até 35 pessoas, todas ex-alunas da EGI, selecionadas e contratadas pela equipe de Assessoria do CGI.br, que é responsável pela coordenação da Comissão. A composição da Comissão de Avaliação seguirá critério da diversidade no que se refere ao setor de representação, à região de origem, gênero e área de pesquisa/atuação profissional. Dessa forma, garante-se que a CA tenha visão abrangente sobre o campo da Governança da Internet, bem como busca-se a manutenção da filosofia colocada em prática pela Escola, fomentando a rede de agentes multiplicadores do conhecimento adquirido na EGI.

6.1) Cada avaliador(a) passará por uma oficina para ser instruído(a) sobre os critérios de avaliação, para que, antes de iniciar o trabalho, tenha tido oportunidade de discutir com a coordenação da CA eventuais dúvidas e questões. Todas as avaliações serão realizadas em um sistema online disponibilizado pelo NIC.br que distribuirá os candidatos aleatoriamente entre os avaliadores. Fica vedada a participação dos membros da CA no processo de admissão do curso.

7) Avaliação: Cada candidato(a) será avaliado(a) por cinco membros da CA. Cada avaliador(a) analisará a inscrição do(a) candidato(a) com base nos critérios descritos no tópico 8, e atribuirá uma nota para cada critério de acordo com os pesos constantes no tópico 10. Com isso cada candidato(a) terá três notas distintas; sua nota final será a média simples destas três notas.

7.1) Composição da nota: a nota de cada candidato(a) será calculada em duas etapas distintas. Na primeira, cada um dos três avaliadores atribuirá uma nota para o/a candidato(a), e na segunda etapa a nota final será calculada como uma média simples destas três notas iniciais. Concluída a segunda etapa, cada candidato(a) terá uma nota final única por média simples que será utilizada para ranqueamento dos(as) candidatos(as).

Os membros da CA atribuirão uma nota para cada candidato(a) de acordo com os pesos relacionados abaixo.

7.1.1) Com relação à análise curricular:

  • Atuação em grupos de stakeholders (tópico 7.1.1) – Peso 25
  • Experiência/histórico de atuação (tópico 7.1.2) – Peso 25
  • Potencial de multiplicar o conhecimento adquirido (tópico 7.1.3) – Peso 10

7.1.2) Com relação ao texto analítico:

  • Pertinência temática (tópico 8.2.1) - peso 15;
  • Habilidades de leitura e escrita (tópico 8.2.2) - peso 5
  • Conhecimento dos temas relacionados (tópico 8.2.3) - peso 15;
  • Articulação de fontes de informação/referências (tópico 8.2.4) - peso 5

8) Critérios de avaliação: Apresenta-se abaixo um detalhamento dos pontos sobre os quais a CA se debruçará para avaliação dos(as) candidatos(as).

8.1) Análise curricular: considera o histórico de atuação profissional do(a) candidato(a), seu envolvimento com temas relativos à governança da Internet e seu potencial como disseminador(a) e multiplicador(a) de conhecimento.

O material a ser fornecido pelo(a) candidato(a) para análise curricular resume-se a três componentes: o currículo resumido e dois pequenos textos em que o(a) candidato(a) aborda a relação de sua atividade profissional com o conteúdo programático da EGI, bem como seu potencial como multiplicador(a) do conhecimento adquirido. Esta análise se baseará em três aspectos:

8.1.1) Atuação em grupos de stakeholders (empresarial, governamental, técnico-científico, sociedade civil), como instituições/grupos de pesquisa, associações de classe, empresas que atuem no campo, instituições e órgãos públicos relacionados, ONGs e outras instituições da sociedade que estejam envolvidas com o tema, bem como atividades relacionadas com a Internet;

8.1.2) Experiência/histórico de atuação nos temas relacionados à governança da Internet;

8.1.3) Potencial de multiplicar o conhecimento adquirido.

8.2) Conhecimento específico: avalia o conhecimento de cada candidato(a) sobre temas relativos à governança da Internet. A base material dessa avaliação é o texto analítico submetido no processo de candidatura, e os critérios analisados são:

8.2.1) Pertinência temática: será avaliada a pertinência dos tópicos abordados no texto em relação aos temas de governança da Internet;

8.2.2) Habilidades de leitura e escrita: será avaliada a coesão e coerência, aspectos formais e estruturais do texto (ortografia, gramática, pontuação, concordância, regência etc.), que contribuam para uma leitura fluida do texto, com clareza de ideias, e compreensão do texto;

8.2.3) Conhecimento dos temas relacionados: será avaliado o conhecimento sobre os temas de governança da Internet de forma qualitativa, o que consiste verificar se o conteúdo apresentado está de acordo com o debate atual do campo;

8.2.4) Articulação de fontes de informação/referências: será avaliada a habilidade em articular fontes e referências importantes para o campo da governança da Internet, tanto no sentido de verificar se fontes adequadas foram utilizadas/apresentadas quanto no de aplicação e articulação dessas fontes.

8.3) Diversidade: o processo garantirá diversidade setorial, geográfica, de gênero, raça e de perspectivas/áreas de atuação no conjunto de candidatos(as) selecionados(as). Tal aspecto considera a necessidade de buscar assegurar equilíbrio de gênero, raça, região geográfica, setores de atuação e áreas de conhecimento no grupo de estudantes da EGI.

8.4) Eliminação por plágio: caso seja identificado plágio nos textos submetidos no processo de inscrição, o/a candidato(a) terá todas as suas notas zeradas e será excluído(a) do processo. Um software será utilizado para essa verificação.

9) Confirmação das candidaturas: A divulgação dos(as) candidatos(as) selecionados(as) será em seguida ao período de confirmação das candidaturas. Os candidatos terão uma semana para confirmar sua participação no curso. Na hipótese de não confirmação da presença, a candidatura será cancelada e a vaga será aberta para o/a próximo(a) candidato(a) da lista de espera.

10) Seleção de alunos(as): ao final do processo de atribuição das notas, a equipe do NIC.br que coordena o curso, em posse do ranking de candidatos, aplicará os critérios de diversidade para assegurar participação equilibrada, no grupo final de candidatos(as) selecionados(as), em termos de gênero, raça, região geográfica, setores de atuação e áreas de conhecimento dos(as) candidatos(as). Os candidatos(as) nas vinte primeiras colocações terão suas vagas garantidas no programa da EGI. Candidatos(as) nas posições entre o 21 e o 35 poderão ser substituídos(as) para atender ao critério da diversidade. O NIC.br/CGI.br reserva-se o direito de convidar, ainda, participantes adicionais (máximo 5), distribuídos entre seus funcionários e representantes de parcerias institucionais, para participarem do curso.

Todos(as) os(as) candidatos(as) selecionados(as) terão um retorno por e-mail, comunicando sobre a sua aprovação dentro do prazo descrito no item 13.3.

11) Participação no curso: os participantes deverão estar presentes no local do curso das 08h30 até 21h30, quando tiver atividade até este horário.

Endereço do curso: Hotel Terras Altas - Rodovia Régis Bittencourt, Km 292,5, Itapacerica da Serra - SP

11.1) Auxílio participação: o curso será feito em modelo de imersão e contará com hospedagem e deslocamento inclusos, incluindo passagens aéreas para participantes de fora de São Paulo. O deslocamento até o local do curso será feito em carros/vans privativos, e qualquer impossibilidade do(a) participante em atender aos horários que serão disponibilizados para ida e volta deve ser justificada na ficha de inscrição.

12) Cronograma: as datas abaixo relacionadas são uma previsão inicial e podem ser alteradas posteriormente. Neste caso as alterações serão divulgadas através da página web da EGI, disponível em: https://egi.nic.br/

13.1) Abertura das inscrições: 12 de abril;

13.2) Encerramento das inscrições: 13 de maio (sexta-feira, até meia noite);

13.3) Confirmação das candidaturas e seleção da lista de espera: 06 a 10 de junho;

13.4) Divulgação das inscrições: 10 a 15 de junho.